Have an account?

Pesquise no Blog

segunda-feira, 16 de maio de 2011

Folhas secas e Velhice...



Até nas folhas secas existe beleza!

Nas cores e texturas, ainda haverá sinais do frescor da estação que passou, nem que seja lá escondidinha, num detalhe, ou ainda em seu interior....

Nem que seja bem dentro da alma, do espírito, a vida estará lá, bela e pulsante.... como em nós.




Quando ouço alguém dizer que a vida pode começar aos 60 e que a 3ª idade é a "melhor" idade, meu Deus, penso que só assim falam porque temos que nos conformar...rs....

Estarei entrando para esta melhor idade, neste mes!
Estarei ficando velha!

Que susto! como passou depressa!

Não há jeito de o tempo parar de correr tanto?




Ah! mas existe uma alma de artista em mim, aquela que tem olhos para ver o belo nas coisas e nos outros.

E ao colocar a câmara frente ao rosto, tentando eternizar o instante, e com um clic, fazer parar o tempo, tenho de concordar!

Que ninguém diga que o velho é imprestável, e feio!

Nele há uma beleza imensa, forte e delicada, e triste, e terna, presente em todo aquele que sabe que a vida, como a conhecemos, se esvai de si mesmo...


...mas permanecerá ainda no outro, e na lembrança, e  
nas formas que ainda virão, trazendo em sua novidade, um pouquinho do que já foi antes....


Não sei o que dirão de mim...

Mas, que ninguém diga que as folhas velhas e secas
não tem beleza em si !

14 comentários:

Lilian disse...

Olá minha querida amiga Vera.

Desculpe minha ausência....
Amei o texto que escreveu.
Olho para pessoas que estão mais próximas de mim, das entidades, da comunidade religiosa, dos amigos e dos familiares e percebo que com o passar dos anos, essas pessoas tão queridas, não vão envelhecendo e ficando feias, mas sim, elas vão ficando mais belas, com uma beleza pura que vem da alma e transparece no olhar e na calmaria das atitudes maduras.
Da mesma forma que as folhas secas não perdem a beleza, apenas se desnudam do verde para uma gama de tons belíssimos, as pessoas têm suas faces alteradas por algumas rugas acompanhadas de mais conhecimento, cumplicidade da maturidade e beleza interior que refletem no rosto suavizando o olhar e deixando-o belo.
Não tema fazer 60 anos. Fiquei feliz quando completei meus 60 anos. Espero ansiosa pelos 70 e peço a Deus que me deixe fazer 80, 90 e ver meus netos crescerem e ser feliz em poder acompanhar o desenvolvimento da vida deles.
É muito bom envelhecer. A vida é ótima, ainda mais quando temos amigos virtuais como você, amiga amada.
Carinhoso e fraternal abraço,
Vovó Lili

Vera Alvarenga ... disse...

Lilian, você tem olhos bondosos, por isto vê a beleza das pessoas mesmo depois que envelhecem, e tem experiência e saber para vislumbrar além de aparências.
Ah! também estou feliz de estar fazendo logo 60, afinal, é melhor do que ter parado aos 58..rs....
E, tenho certeza que quero viver mais uns 25 anos!! Ver a formatura de meus netos...e outras cositas más...
Beijos,
Vera.

joana disse...

Querida Vera

Já participei em trabalhos feitos de flores secas e nem por isso deixaram de ser lindos.Todas as idades tem seu encanto natural e podemos tirar proveito disso.
beijos
joana

Vera Alvarenga ... disse...

é verdade Joana! Também já vi trabalhos delicados e lindos como cartões de Natal e outros, e também quadrinhos com folhas secas.
O encanto está em todo lugar.
Beijos

Luisa L. disse...

Olá Vera!

Para além das folhas secas serem uma beleza, como mostram as fotos, penso que a velhice só está associada ao menos belo, devido ao conceito humano de fim. Vê-se no velho a pena (com certeza de nós mesmos) do "acabar" e não apenas mais um ciclo, algo natural e necessário aos seres biológicos.

Beijos!

Irismar Santos disse...

OI Vera gostei dos eu texto e destaco essa parte: Até nas folhas secas existe beleza!

Nas cores e texturas, ainda haverá sinais do frescor da estação que passou, nem que seja lá escondidinha, num detalhe, ou ainda em seu interior.. Que possamos olhar para a 3 idade com esses olhos a começar por nos mesma!!

Um bela noite

Guta Schneider disse...

Querida Vera,

O amigo Edigard tem toda a razão quando diz que a idade é determinada por nosso estado de espírito.

Quantas pessoas jovens vemos já cansadas de viver e quantas pessoas com mais tempo de vida têm em sua alma a seiva fresca da juventude!

Não sei a data do seu aniversário, mas deixo-lhe já minhas felicitações e desejo de uma vida longa e plena de realizações e alegrias!

Beijos,

Guta

Emoções disse...

o coração não tem idade. Enquanto bate um coração temos que viver. Fica na paz.

Jackie Freitas disse...

Vera, minha querida!
Lindo o seu texto! Esses dias falei muito de você aqui em casa...rsrs... Comentava com minha mãe sobre a admiração que tenho por sua pessoa e por essa vontade de viver tão bela que você tem! Comentei sobre você fazer Tai Chi...rsrs...ter voltado a estudar, trabalhar, fotografar, escrever e ainda ter tempo para sonhar... A tive aqui como um belo exemplo sobre a vida e a idade e o quanto podemos construir quando nos permitimos enxergar cada dia como novas etapas e não como proximidade de um fim... Afinal, há muita beleza na maturidade, no sinal dos tempos... Não há rugas, não há secura nas folhas, não há velhice... Há muita expressão de quem percorreu por um enorme caminho na vida, mas está hoje, diante das grandes descobertas... E as vive com vigor, otimista e acreditando que há muito ainda para viver e descobrir...
Perdoe-me por usá-la como exemplo, querida, mas achei que seria bom a minha mãe saber que sonhos possíveis se realizam e que temos muitos exemplos disso! Usei você como um desses exemplos!
Grande beijo e parabéns pelo BELÍSSIMO texto! Vou imprimi-lo e dá-lo à minha mãe!
Jackie

Alfeu Gomes disse...

Quando eu chegar na velhice quero ser igual estas folhas secas que acumularam sabedorias para transmitir para toda a vida.

Vera Alvarenga ... disse...

Olá Jackie!
Meu carinho a sua mãe! Incentive-a sim, a experimentar= cantar em coral de bairro, Tai Chi, ou o que ELA pense que deveria tentar( natação faz um enorme bem!! eu mesma não estou podendo ultimamente! é pena). Relaxamento, prazer, meditação e sentir-se amada mesmo pelo que somos e apesar do desânimo que sentimos, com certeza ajuda muito a reagirmos. O amor nos dá asas, pode crer! só então, esta idade madura, será bela e poderá dar ainda belos frutos e flores, raros "temporões", mas com valor espetacular.
Desejo que sua mãe descubra uma forma de parir a si mesma, de modo a pegar-se no colo, com o maior carinho e cuidar de si, porque, a partir disto é que podemos ir parindo outras idéias - realizações pessoais, que nos levará a dar ainda mais amor a outros. Este processo não termina...enquanto vivermos. Tem altos e baixos, mas vale a pena.
( e, cada uma de nós tem sua própria fórmula, como uma digital!)
Beijos, com carinho, para as duas!
Fico contente que minha vida simples e cheia de questionamentos, num momento tenha te inspirado! é porque você sabe aproveitar o que vê.

Vera Alvarenga ... disse...

A todos os amigos que estiveram aqui comigo neste post, aos que eu já respondi através do dihitt e aos outros, o meu agradecimento.
Beijos e um bom início de semana!
Vera Alvarenga

BELcrei disse...

Adorei esta postagem amiga.

Link inserido com sucesso no Mamute.
Abraço
Bom fim de semana.
Grato pela confiança.

http://mamutelinks.blogspot.com/

BELcrei disse...

O Mamute é um indexador poderoso.
Por sua participação, confiança e apoio estará recebendo na próxima hora, dezenas de visitas da europa.

Amigos que vão conhecer seu espaço.

http://mamutelinks.blogspot.com/

Postar um comentário

Sejam todos bem - vindos ao espaço dos amigos.