Have an account?

Pesquise no Blog

terça-feira, 7 de junho de 2011

Tão Leve

Estou me sentindo tão leve que pareço estar viajando numa semente de dente de leão.


Sinto-me ainda mais leve que isso, quem sabe como uma leve pluma flutuando em um céu azul.
Posso dizer mais. Estou vivendo, refletindo mais, perdoando mais.

Deve ser por isso. Só pode.
O perdão é a maior arma contra todo peso que nos aflige, peso este que nos deixa doentes e inertes.

Pratique o exercício do perdão, coloque o seu ego em segundo, terceiro ou sei lá qual lugar, só não deixe ele liderar seus sentidos.
A raiva nos toma de uma forma arrebatadora, se deixarmos que ela seja mais forte que nossas forças atuais, então estaremos seguindo o capítulo errado da felicidade, da paz tão buscada.

Respeite mais, isso.

O respeito é como o princípio do perdão, claro, para isso será necessário em primeiro lugar respeitar a si, então estará preparado.
Você com certeza o quer, então ofereça, se não obtiver de volta, não se preocupe, sair perdendo neste caso, tem 0,0% de chance.

O que você conclui de tudo isso? Se pergunte após ver o resultado.

Eu, estou leve, agora posso continuar.


Imagens: Internet

1 comentários:

Gisavasfi disse...

A magoa e a raiva escravizam tanto o ofendido, quanto o ofensor.
Que bom que você experimentou o prazer de perdoar. Não é nada fácil, preincipalmente quando temos razão. Mas é um exercicio que vale muito a pena. Bjs, querida.

Postar um comentário

Sejam todos bem - vindos ao espaço dos amigos.